Buscar
  • Sandro Salvador

5 passos para se tornar líder


Para que você possa ter um cão ou uma matilha equilibrada, você precisa da figura do líder. O líder pode ser você e / ou qualquer membro da família. Do mais velho ao mais jovem - incluindo os avós e até mesmo o bebê.

Para alcançar esta posição, você tem que mostrar ao seu cão que as pessoas estão no comando, mas você não pode fazer isso com palavras. Você tem que se comunicar com o seu cão da maneira que ele vai entender, o que significa que você tem que aprender a pensar como um cão.

Antes de pensar como um cão, você tem que entender a psicologia canina. Abaixo estão cinco passos importantes a seguir para assumir a posição de líder.

1 - Tenha a energia certa

Os animais se comunicam com energia e linguagem corporal. É por isso que um esquilo pode perceber um cão como uma ameaça e um ser humano com um amendoim como não. É também como animais de espécies diferentes podem conviver e co-existir. E é como seu cão vai entender que pode ou não pular em você ou na sua cama, por exemplo.

Ter energia fraca (sem pulso) ou negativa (agressiva) fará com que o cão não te respeite. Antes de se comunicar com seu cão, você tem que se colocar em um estado de calma e assertividade.

2 - Criar as regras

Seu cão quer que você diga o que ele deve fazer. Caso contrário, ele pode se tornar ansioso, frustrado e confuso, ou se comportando mal, testando os limites do que é permitido e, por muitas vezes, assumindo a liderança e ficando dominante... É por isso que você precisa criar regras e limites.

Criar regras e limites significa determinar o que um cão pode e não pode fazer - se eles estão liberados para subir nos móveis ou não, se eles podem chegar perto, quando a família está comendo, esperar colocar a comida... Outro exemplo pode ser determinar onde um cão pode e não pode ir - tipo: o cão não pode ir para fora da porta da frente sem ser convidado, ou não pode ir para o quarto do bebê. E também as limitações sobre quanto tempo ou quão intensamente um cão pode fazer alguma coisa - quando o líder decide que a brincadeira acabou, acabou.

3 - Ser consistente

Os animais aprendem, fazendo associações entre causa e efeito - "Se eu tocar a mão do meu humano com a minha pata, eu recebo um petisco", ou "Quando eu encostei na porta do forno, machuquei meu nariz, então eu devo evitar o forno.".

Fazer essas associações é a forma como os animais se relacionam, mas também é como os cães tentam descobrir o que você quer deles. Torna-se confuso para eles, no entanto, quando uma situação específica não conduz sempre para o mesmo efeito. Se você só fazê-los descer do sofá de vez em quando, então o cão vai sempre subir no sofá. Ao criar essas regras e limites, é necessário aplicá-las de forma consistente - e consistência não significa apenas quando você está em casa com o seu cão ou apenas quando você está com ele no passeio. Isso significa que tem que ser feito todo o tempo, e com todos os membros da família, ou pessoas que tenham contato direto com o cão.

4 - Suprir as necessidades do seu cão

O trabalho de um líder é fornecer proteção e direção, referência. Regras consistentes são parte do aspecto direção, enquanto uma grande parte da proteção será realizada suprindo as necessidades do cão. Isso não significa apenas comida, água, e um lugar seguro para dormir. Você também precisa atender às necessidades psicológicas do seu cão, que são : Exercício, Disciplina e Afeto, nessa ordem. Exercício drena o excesso de energia do corpo, enquanto a disciplina ajuda a ocupar a mente do seu cão. Afeto vem por último, como uma recompensa por um comportamento calmo e submisso. Importante estudar sobre a raça do seu cão para suprir necessidades específicas de cada raça ou minimizar as deficiências - por exemplo, os Bulldogs que usam pouco o nariz.

5 - Sinta, não pense

Os cães são primariamente instintivos, não intelectuais, de modo que não podemos lidar com eles usando palavras, não importa o quanto tentemos. E também não ajuda, se tentarmos interpretar o comportamento de um cão com base nas emoções humanas - um cão que está saltando em todo o lugar e pulando nas pessoas não está feliz. Ele está excitado e não sabe o que fazer com toda essa energia extra.

Já que os seres humanos são animais, também, temos a capacidade de nos comunicar com a energia. Nós apenas perdemos a prática ao longo do tempo, mas podemos recuperá-la, desligando a voz na nossa cabeça e ouvindo nosso "instinto".

Os cães não são criaturas complicadas. São os humanos que criam a complicação. Tudo o que eles querem de nós é a liderança. Em troca, eles vão nos dar todo o amor e lealdade que podemos receber.

Seja referência para o seu cão !

#comportamento #adestramento #cães

0 visualização

EQUILIBRIUM DOG SCHOOL ADESTRAMENTO DE CÃES

Sandro Salvador - 21 99382-4060

Todos os direitos reservados © 2020 by Equilibrium Dog School

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black YouTube Icon
  • Black Google+ Icon