Buscar
  • Sandro Salvador

5 erros que as pessoas cometem que desequilibram os cães.


Você já se perguntou o que seu cão diria se ele pudesse falar?

Você já se perguntou o que está em sua mente quando ele olha para você com aqueles olhos, vivos e curiosos?

Você pode se surpreender ao saber que o que você está fazendo para o seu cão está deixando ele confuso talvez até mesmo estressado. Aqui estão cinco maus hábitos que você precisa eliminar antes de piorar sua convivência.

1. Você está tentando se comunicar com seu cão através de palavras.

Você fala todo dia para o seu cão se acalmar, ele não se acalma. Você fala que fulano é amigo, ele ataca. Você fala pra ele não te puxar, ele te arrasta. Será que ele é "burrinho", "teimoso", "faz pra te irritar"? Adivinha?

Cães não se importam muito se você falar com eles em espanhol, inglês ou chinês, porque eles não ouvem palavras como palavras, mas sim como sons. Aí as pessoas acham que o cão não entendeu o que foi dito e então soletram:"a-n-d-a" , "s-e-n-t-a"; eles podem estar enganando a si mesmos, mas eles certamente não estão enganando o cão.

Essa é uma das razões pelas quais eu amo estar com cães, porque eles sentem algo muito mais profundo do que as palavras que você usa; eles também leêm a sua linguagem corporal. É por isso que você não pode mentir para um cão. Quando você falar com um cão você deve falar a partir do interior, de sua mente, seu coração e seu corpo. Caso contrário, ele vai preferir se coçar a ter que ficar vendo sua boca se mexendo com sons estranhos saindo dela.

2. Você trata o seu cão como uma criança.

Nós todos conhecemos essas casas, certo? Aquelas com as fotos emolduradas da "Nina" em todas as paredes. Seu nome bordado em travesseiros e tem brinquedos de todos os tipos, espalhados a partir da cozinha até o quarto. E o (a) dono (a) da "Nina"não para de bajulá-la como se ela fosse uma criança de 1 ano. Você pode ver como o ser humano começa a ficar confuso, por vezes, e começa a pensar que "Nina" é uma criança, mas é claro que "Nina" não se ilude em nada. Ela é um cão, e ela quer se comportar como o cachorro que está em seu DNA. E como todos os cães, ela quer correr, ela gosta de perseguir as coisas, e ela quer usar o nariz para rastrear. O seu "bebê" é também um animal de matilha e precisa da estrutura e disciplina em sua vida para se sentir realizado e não ficar frustrado. Não há nada de errado em demonstrar seu amor pelo cão, mas lembre-se: primeiro exercício, em seguida, disciplina, e, finalmente, afeto.

3. Você não está estimulando seu cão mentalmente e ele está entediado.

Tantas vezes as pessoas me procuram, preocupadas porque o seu cão adquiriu um hábito ruim. Pode ser destruir o sofá, ou correr em círculos ao redor da casa, ou mostrar surpreendente agressividade. E assim, muitas vezes a resposta é a mesma: o seu cão está ficando entediado, ele quer algo para fazer.

Os cães não nascem com a expectativa de terem tudo na "mão", com as refeições produzidas sempre que eles estão com fome; nenhuma criatura no mundo animal é. Em estado selvagem, a partir do momento que eles são bebês têm de trabalhar para a sua alimentação. Eles têm que caçar ou passar fome.

Um bom exemplo são alguns vira-latas, aqui em Laranjeiras tem um bem conhecido, que são magros, pois não tem fartura de alimento, vivem livres, e não têm problemas psicológicos. Cães foram criados ao longo dos séculos para diferentes postos de trabalho, como pastorear gado. Quando seu instinto natural é negado, eles tornam-se frustrados, e que é quando eles começam a mostrar sinais de comportamento agressivo.

Então faça o que o seu cão necessita e dê-lhe algo pra fazer. Colocar uma mochila nas costas dele quando você for para caminhadas, criar caminhos com obstáculos ou esconder petiscos para que ele possa colocar suas habilidades de rastreamento em ação. Você vai ver imediatamente como ele ficará feliz. Um cão cansado, bem estimulado, é um cão feliz!

4. Você está agindo como coleguinha do seu cão, não como seu líder.

Quem acompanha nosso dia a dia sabe o quanto é importante assumir o papel de líder assim que o cão chega na sua casa. Mas você chega em casa, numa bela noite, e seu cachorro está lhe dizendo que ele quer brincar de bolinha. E aí você começa a brincar de bolinha com ele, como dois malucos. Então você decide que chega de brincar pois você quer jantar. E na sua cabeça, você está no comando. Como é o seu cão vai compreender o que aconteceu? Você desistiu de ser líder para correr e brincar com ele, quando ELE quis, em vez de deixar bem claro que o jogo só começa quando ele está calmo e submisso. Então, agora não está tão claro pra sobre quem é o líder. Ou coisas mais simples como: ele sobe na sua cama ou sofá mas pra descer é um drama.

Só que aí você fica chateado pois ele não te obedece nos passeios, anda na sua frente, não presta atenção em você, te puxa pra outra direção... Por qual razão ele deveria te obedecer, seguir, respeitar se isso não acontece na sua casa? Você é a mesma pessoa, então pro cão, não muda nada.

Lembre-se: Ser líder é uma ocupação full-time. Seu cão está sempre à procura de consistência e estrutura, e sem isso, ele vai ficar confuso sobre quando ele deve seguir suas instruções e quando vocês dois são apenas amigos.

5. Você está tenso e nervoso perto de seu cão

Essa é clássica! Você está passeando com seu cão, e aí você vê alguém vindo em sua direção com outro cão. Pânico. Não sabe se atravessa, se volta, se some... Imediatamente dá 3 voltas de mão na coleira, joga seu cão contra o muro e fala de maneira super tensa "AMIGO" ou "AQUI, HEIN ?!". Seu cão que até então poderia estar tranquilo, esperando o outro cão para enfim poder socializar, recebe o aviso de que tem perigo na área e fica tenso também. Ele perdeu a chance de interagir com outro cão, pela sua insegurança. Sua, não dele. Só que aí você condiciona ele todos os dias de que cão chegando perto é hora de tensão, perigo. Até que ele entra na sua onda e começa a não aceitar outros cães.

Nossos cães são incrivelmente sintonizadas em nós! É por isso que eles precisam de energia calma, assertiva para relaxar. Lembre-se: Os cães são predadores na natureza, por isso, se eles ficam nervosos, a sua resposta de luta ou fuga é quase sempre mais propensa à luta. Nervosismo em cães, logo vira agressividade.

Ouça seus cães com cuidado, pois eles estão tentando lhe dizer o que eles precisam. As suas necessidades são realmente muito simples, e se você satisfazê-las, vai ter um relacionamento feliz e harmonioso. Esse é o tipo de vínculo que tenho com meus cães. E eu espero que seja essa a relação que você tem com o seu.

#cães #adestramento #cãoagressivo

0 visualização

EQUILIBRIUM DOG SCHOOL ADESTRAMENTO DE CÃES

Sandro Salvador - 21 99382-4060

Todos os direitos reservados © 2020 by Equilibrium Dog School

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black YouTube Icon
  • Black Google+ Icon